Essa é uma pergunta que aflige a todos os gestores de frota e varejistas. É muito difícil estipular um prazo específico de quando substituir os veículos antigos da frota por outros novos. O caminhão pode ter uma lataria impecável — mas uma elevada quilometragem, por exemplo. Existem vários detalhes que devem ser analisados antes optar pela renovação da frota. Dê uma olhada nas nossas dicas e saiba quando vale a pena comprar novos caminhões.

A depreciação e os gastos com a manutenção dos veículos

Primeiramente os donos não devem se preocupar com a depreciação de curto prazo. A maior desvalorização que o veículo novo sofre é nos primeiros 2 ou 3 anos após sua compra. Depois dos anos iniciais, esse ritmo desacelera. Portanto, muitas vezes a renovação rápida não compensa.

É muito importante que o gestor analise os gastos com a manutenção da frota. Com o envelhecimento dos veículos, maiores serão os gastos com trocas de peças e mais constantes as visitas às oficinas.

Enquanto o tempo de parada dos veículos para manutenção não é elevado, e os preços dos reparos estão em conta, pode-se manter a frota. Com o passar do tempo, necessariamente o custo de manutenção e o valor do seguro aumentarão. E, ao contrário, o valor dos veículos diminuirá. Sendo assim, é importante analisar a depreciação e os gastos para decidir o melhor período para a renovação.

O valor do veículo e o custo da manutenção

Um bom indicador na hora de trocar o veículo é comparar os gastos com a manutenção e a cotação utilizada para o veículo. Uma maneira de saber quanto está valendo o veículo é utilizar a tabela Fipe como referência. Mas lembre-se de um detalhe importante: os compradores e comerciantes pagam 20 a 30% menos que o valor da tabela.

Quando o custo anual da manutenção está entre 10 e 20% do preço médio do veículo, é sinal que o momento de troca está próximo. Em geral, o tempo ideal de utilização de veículos por frotistas é de 5 a 8 anos. Porém, veículos muito utilizados podem requerer grandes reparos e substituições reduzindo assim esse tempo de utilização.

Os benefícios da renovação

No primeiro momento, quando se cogita renovar a frota, o pensamento é: não devemos ter mais gastos. Mas como foi mostrado, quando a renovação é feita no momento certo, ela vira um investimento — e não um gasto. Em uma frota nova, os gastos com manutenção são menores, o tempo de paradas para inspeções e trocas de peças é muito menor e quanto mais novos os veículos, mais eficientes eles são. Um veículo mais moderno pode transportar uma carga maior e possuir motores de melhor desempenho e menor consumo de combustível.

Indicamos acompanhar sempre o valor do veículo na tabela Fipe, os lançamentos e os preços de novos veículos e, principalmente, monitorar os gastos com a manutenção. Dessa forma será mais fácil perceber o momento ideal para a aquisição de novos veículos.

Ajudamos a entender qual é o melhor momento para renovar a frota? Então deixe um comentário contando para nós quando você pensa em trocar os seus caminhões!

 

Deixe um comentário