As carreiras que proporcionam um desgaste físico maior podem vir a ser mais curtas se não forem bem planejadas. Quando o profissional gasta suas energias a toda força logo no início da carreira, muitas vezes se esquece de fazer um planejamento financeiro dos ganhos, cuidar da saúde e pensar na aposentadoria.

Com o tempo, sua disposição vai diminuindo, e sem um projeto de aposentadoria pronto para ser executado, reduz sua qualidade de vida para conseguir pagar as contas ao final do mês. Esse é o caso da carreira de um caminhoneiro ou de um esportista, por exemplo.

A carreira de caminhoneiro deve ser planejada desde o início, considerando que, além do amor pela estrada, vocação profissional ou influência de outros familiares, para atuar nessa área é preciso fazer grandes investimentos para adquirir e manter as carteiras, fazer cursos de atualização e de aperfeiçoamento e comprar os equipamentos.

Por isso, separamos aqui alguns pontos que devem ser considerados no planejamento de sua carreira e também de sua aposentadoria. Afinal de contas, todos tem alguém ou algum lugar para voltar!

Fazer um controle de gastos com a profissão

Os investimentos para a carreira de caminhoneiro começam antes mesmo que ele comece a receber pelos transportes realizados. Carteiras de habilitação, cursos de atualização, equipamentos e o próprio caminhão possuem custos elevados. Assim, o caminhoneiro precisa recuperar esses gastos trabalhando durante algum tempo.

Para que tenha noção desses valores, é preciso fazer um controle dos gastos separados das contas pessoais ou de valores referentes a fretes. O ideal é criar uma planilha com os valores investidos e fazer um planejamento de como irá pagá-los ao longo dos meses.

Definir qual seu principal objetivo profissional

Quando o caminhoneiro sabe que seu objetivo profissional é trabalhar com determinado tipo de transporte ou para uma empresa específica por causa de seu retorno financeiro ou por ser um tipo de viagem que gosta mais de fazer (viagens mais longas ou mais curtas), ele pode direcionar seus esforços para conquistar esses objetivos.

Dessa forma, poderá investigar quais são as características profissionais que a empresa ou o tipo de transporte exige e focar seu currículo naquelas características, além de procurar a empresa, demonstrar interesse, conversar com outros caminhoneiros que já trabalharam ou trabalham com aquele tipo de transporte etc.

Mas se o objetivo profissional for se manter independente e trabalhar com seu próprio caminhão, será preciso fazer um planejamento para investimentos de melhoria e troca do caminhão regularmente, bem como definir a estratégia de como e onde conseguirá bons fretes para realizar.

A renovação da frota é fundamental para não perder o valor investido no caminhão anterior, e também uma forma de zelar pela segurança do caminhoneiro e das pessoas que usam as estradas.

Fazer uma reserva financeira para emergências e para a aposentaria

É preciso pensar tanto em problemas que podem ocorrer durante a carreira como caminhoneiro, como também na aposentadoria. Seja qual for o motivo para afastar o caminhoneiro da estrada, é necessário ter uma reserva financeira segura para recorrer e não ter que pegar empréstimos bancários ou vender bens adquiridos.

Um bom seguro de vida e de acidentes pessoais também é essencial, além de um plano de previdência privada que possa complementar sua aposentadoria pelo governo.

O ideal é que o caminhoneiro reserve mensalmente valores para pagar o seguro, uma poupança para assuntos emergenciais (afastamentos temporários por motivos de doença ou pequenos acidentes, por exemplo) e a previdência privada, totalizando em 30% dos recebimentos mensais.

Pensar que caminhão e caminhoneiro são uma empresa

Uma empresa possui seus maquinários e as pessoas que trabalham para produzir seus produtos. Com uma certa regularidade, pessoas e máquinas são atualizadas ou substituídas para manter a empresa ativa.

O mesmo raciocínio deve ser utilizado para o caminhoneiro. Ele e seu caminhão são a representação de uma empresa. Dessa forma, além de fazer manutenções ou comprar um caminhão novo, o caminhoneiro também deve cuidar de sua saúde física e mental.

As longas horas sentadas em uma mesma posição, os tempos de descanso reduzidos e a alimentação pouco saudável são prejudiciais à saúde do caminhoneiro e podem prejudicar a realização dos seus planos pessoais e profissionais.

Ginásticas, alongamentos, repousos frequentes, férias e cuidados com a alimentação na estrada são importantes para que o caminhoneiro não encurte sua vida ao volante.

Não esquecer da vida pessoal e ser realista

Neste ponto, a maioria dos caminhoneiros não deixa a desejar, pois valoriza muito sua família e o retorno para casa. Eles também são realistas e sabem que, além de terem escolhido uma profissão que oferece riscos à saúde e à vida, enfrentam as inconstâncias que os profissionais liberais enfrentam.

E isso é importante para saber observar e pegar as oportunidades profissionais quando elas aparecem, mas não deixar de curtir a vida também. Esse equilíbrio também é fundamental para que o caminhoneiro esteja tranquilo e focado ao volante.

Analisar frequentemente o mercado de trabalho para caminhoneiros

A profissão de caminhoneiro já foi mais valorizada no Brasil e atraiu muitos homens e mulheres interessados em bons ganhos, mas essa realidade, infelizmente, mudou um pouco e as condições das estradas brasileiras também desestimularam muitos profissionais.

Mas o Brasil ainda é dependente da sua malha viária para transportes dos seus bens e, por isso, o profissional deve valorizar seu trabalho ao negociar condições para um frete ou para uma vaga de caminhoneiro fixo em uma empresa.

Pesquisas feitas com caminhoneiros de todo o Brasil mostraram que a faixa de remuneração na profissão varia entre R$2.000,00 a R$6.000,00 e que a grande maioria (85% dos entrevistados) prefere o regime autônomo ou o registro como pessoa jurídica. Isso equivale a dizer que eles ainda preferem ser os donos de seus negócios e das suas escolhas, mas também significa que planejar suas carreiras e aposentadorias é fundamental para que não tenham surpresas desagradáveis no futuro. Se você é um caminhoneiro atento ao seu caminhão, também precisa ficar atento ao profissional que você é!

Então, depois de organizar suas finanças, é hora de buscar clientes e surpreendê-los. Você sabe o que é overdelivering? Então leia esse post sobre prometer menos e entregar mais e saiba como conquistar ainda mais clientes!

 

Deixe um comentário