Transporte_de_cargas_5_dicas_de_segurança.jpg.jpeg

Todos os gestores de frota sabem que, para realizar os fretes e atender a demanda dos clientes, é necessário planejar as entregas, acompanhar as atividades, realizar análises dos fretes e gerenciar os motoristas. Além de cumprir todas essas atividades, as transportadoras precisam garantir a segurança dos caminhões, dos motoristas e, principalmente, das mercadorias envolvidas.

Para evitar maiores transtornos e gastos desnecessários, é fundamental que todos os gestores priorizem a segurança. Dessa forma, se consegue aumentar a confiabilidade da empresa e ter clientes mais satisfeitos.

Separamos cinco dicas de segurança que, aplicadas ao transporte de cargas, podem auxiliar no cuidado e tornar a sua empresa ainda mais eficiente. Confira a seguir!

1. Caminhão adequado para a tarefa

Cada tipo de carga exige um veículo específico que se adéqua melhor ao seu transporte. Por exemplo: cargas maiores exigem caminhões longos, alimentos perecíveis carecem de veículos com sistema de refrigeração, e cargas móveis devem ser transportadas em caminhão baú.

A escolha do caminhão cabe ao gestor da frota, que deve selecionar o modelo ideal para cada frete. O veículo adequado é necessário não somente para o cuidado com a carga, mas também para evitar que ocorram acidentes com o caminhão ou com o conteúdo transportado.

2. Manutenção do veículo

Realizar corretamente as revisões do caminhão e mantê-lo em condições de uso é imprescindível para manter a segurança do veículo. A manutenção do caminhão deve ser feita periodicamente, inspecionando itens críticos como freios, pneus, motor e direção. Todos esses componentes são fundamentais para a segurança do motorista, da carga transportada e dos demais veículos da estrada.

É importante lembrar que, realizando corretamente as manutenções dos veículos, consegue-se reduzir significativamente as quebras inesperadas, diminuindo gastos e reduzindo o tempo de máquinas paradas. Além disso, o cuidado com o veículo assegura que as entregas não sejam prejudicadas ou atrasadas devido a falhas técnicas.

3. Treinamento dos motoristas

Todos os motoristas da empresa devem ser devidamente orientados e treinados sobre direção defensiva, prevenção de acidentes, como evitar roubos e assaltos e como transportar devidamente todos os tipos de carga.

Os motoristas, juntamente com os caminhões, são a principal divulgação da marca da empresa nas estradas do país, por isso é muito importante que todos os gestores dediquem tempo e dinheiro à boa formação dos funcionários.

Lembre-se de que não adianta realizar a manutenção dos veículos e comprar as máquinas certas se os motoristas não forem treinados e orientados. Um simples vacilo deles pode comprometer uma carga e até mesmo vidas em uma rodovia.

Para complementar, indicamos esta leitura: Segurança para caminhoneiros: 7 dicas para não dormir ao volante.

4. Peso ideal

O excesso de carga provoca maior esforço na suspensão do veículo, exige maior distância para a frenagem, aumenta o risco de tombamento, derrapagem e acidentes, podendo comprometer a carga e até mesmo a vida do motorista. Por isso é fundamental que os gestores evitem caminhões com excesso de peso, aumentando assim a segurança do transporte.

É muito importante que o limite de carga seja sempre respeitado para evitar inúmeros problemas e acidentes. Vale lembrar também que a empresa é passível de multas por transportar cargas acima do aceitável.

5. Rastreamento do veículo

Durante o transporte, a melhor forma de acompanhar as cargas e garantir a sua segurança é através do rastreamento do caminhão. Ao monitorar o caminhão via satélite consegue-se assistir todo o percurso realizado desde o seu carregamento até a entrega final. Utilizando essa tecnologia se garante a segurança do caminhão, do motorista – que terá conhecimento de que a empresa sabe a sua correta localização – e, principalmente, da carga transportada.

Gostou das nossas dicas de segurança para o transporte de cargas? Conhece outras que deveriam fazer parte da nossa lista? Então não deixe de comentar abaixo e compartilhar conosco!

Deixe um comentário