Que cuidados motoristas devem ter com a embreagem do caminhão?

Que cuidados motoristas devem ter com a embreagem do caminhão

Cuidar da manutenção do caminhão deve ser uma prioridade para o motorista que quer ter uma viagem tranquila. Afinal, zelar pelo ótimo funcionamento de conjuntos essenciais — como a embreagem — evita muita dor de cabeça. Quem está acostumado a grandes trechos ou mesmo quem faz trajetos menores sabe que não é nada fácil ficar parado na estrada por causa de problemas mecânicos, já que isso é prejuízo na certa. Leia o post de hoje e confira 4 dicas de cuidados com a embreagem do caminhão:

Fazer manutenção preventiva

Como diz o ditado, “é melhor prevenir do que remediar”. Por isso, você mesmo pode checar alguns itens a cada semana, como o nível do fluido do sistema de acionamento da embreagem, de modo a garantir o pleno funcionamento do conjunto.

Ainda assim, é preciso ficar atento ao plano de manutenção programada, conforme o tipo de uso (rodoviário, urbano, severo ou aplicações específicas) e procurar a concessionária dentro do prazo estipulado no manual do proprietário.

Ficar atento aos sinais

Como você já deve saber, o sistema de embreagem é essencial para o caminhão, já que tem a função de transmitir a rotação do volante do motor para o eixo e para as rodas. Sem isso, o veículo não sai do lugar. O contato entre o disco de embreagem e o volante do motor é que permite essa transmissão da rotação.

Porém, esse contato gera atrito e, consequentemente, desgaste das peças. Logo, o motorista deve ficar atento aos sinais de problema no sistema de embreagem, como a patinagem, ruídos na hora de trocar de marcha ou mudanças no curso do pedal no momento de acioná-lo.

Adequar seu estilo de direção

O tempo de duração dos componentes do sistema de embreagem dependerá bastante do modo como o motorista dirige. Por exemplo: conduzir o veículo sempre com o pé sobre o pedal da embreagem, e não apenas durante as trocas de marchas — como é recomendado —, danifica o disco.

Isso acontece porque o toque no pedal serve somente para separar o volante do motor e o disco e, com isso, fazer com que as engrenagens do câmbio parem de girar na mesma rotação do motor. Dessa forma, a troca de marchas pode ser feita sem ruídos ou trancos.

Outra orientação importante é jamais segurar o caminhão em uma subida com o uso da embreagem. Arrancar em uma marcha que não seja a primeira ou utilizar marchas incompatíveis com a velocidade também causam problemas no sistema.

Usar apenas peças originais

Conforme o tipo de uso do caminhão, haverá mais ou menos acionamento da embreagem e, consequentemente, o prazo de duração dos componentes poderá variar. De qualquer forma, quando chegar a hora de trocar o conjunto, dê preferência por peças originais e por um serviço autorizado pelo fabricante do veículo. Isso porque os componentes foram projetados exatamente para o caminhão em questão, bem como os profissionais passaram por treinamento especializado para executar a manutenção correta.

Que tal contar para nós como você usa a embreagem em suas viagens? O que faz para garantir a durabilidade do sistema? Compartilhe sua experiência na seção de comentários!