Controle de disponibilidade da frota entenda a importância

Veículo sem circular significa perda de dinheiro. Por isso, a disponibilidade da frota é tão importante para uma empresa. Caminhões parados por causa de manutenção, por falta de carga para transporte ou por problemas logísticos prejudicam as finanças de uma transportadora.

Porém, adiamento de entregas ou atrasos, por causa de “passo maior que a perna”, também são negativos para a empresa. Para que isso não ocorra, o gestor da frota deve realizar algumas ações para manter um controle efetivo da disponibilidade dos caminhões.

Conheça, a seguir, algumas medidas que podem ser tomadas para melhorar a gestão da frota:

O planejamento logístico

Como você já deve saber, gerenciar uma frota vai além de monitorar somente a entrada e a saída de caminhões. Para garantir a disponibilidade da frota, o gestor deve possuir informações detalhadas:

  • Sobre cada operação;

  • Sobre os caminhões;

  • Sobre os motoristas.

Com base nesse controle, o profissional poderá traçar rotas mais eficientes e, com isso, aumentar a produtividade da empresa.

Dispor de uma ferramenta para gestão da frota, como um software, e de rastreadores via satélite é essencial para monitorar em tempo real as operações e, assim, tomar decisões rápidas.

A previsão de demanda

Uma empresa que atua há bastante tempo no transporte de cargas e que tem o registro dos serviços prestados consegue analisar esses dados para fazer a previsão de demanda. Essa tarefa é muito importante, principalmente, para lidar com a sazonalidade de determinadas operações.

Conforme a região do país, o tipo de mercadoria transportada e a época do ano, é comum haver variações no volume de carga disponível. Com base nos relatórios de demanda, o gestor poderá fazer escalas de trabalho e distribuir as operações de modo mais eficiente.

O plano de manutenção preventiva

Por mais que a empresa precise do caminhão em movimento, haverá uma ocasião em que será necessário retirá-lo de circulação para a revisão periódica. Caso contrário, existe o risco de falhas mecânicas, acidentes e multas — que causarão prejuízos ainda maiores.

A empresa que tem um planejamento consistente saberá a hora certa para fazer a manutenção preventivade cada caminhão sem trazer grandes impactos para as operações.

Por exemplo: uma época do ano em que há baixa demanda por transporte pode ser um bom momento para executar o serviço de revisão. Ainda assim, cada transportadora possui a sua própria realidade.

A busca de oportunidades

Mesmo que o mercado apresente naturalmente um sobe e desce, a empresa não pode ficar refém da demanda receptiva. Em alguns casos, a transportadora precisará ir atrás de novos clientes para evitar a ociosidade dos caminhões. Nesse sentido, a empresa deve ter um departamento de marketing atuante, bem como uma central de vendas atenta às oportunidades do mercado.

As plataformas on-line de frete, por exemplo, são boas opções para negociar o transporte de cargas. Essa alternativa é interessante para evitar que o caminhão faça uma entrega em um local distante e volte vazio de lá.

E você, como faz para gerenciar a disponibilidade da frota da sua empresa? Deixe sua resposta aqui nos comentários do blog. Participe!

 

Deixe um comentário

1 comment