Como_escolher_um_caminhão_Confira_essas_dicas.jpg.jpeg

Então, o velho companheiro da estrada já está dando os sinais de cansaço, anunciando que chegou a hora de ser trocado? Ou você resolveu abraçar a profissão de caminhoneiro ou deseja iniciar um negócio de transporte e precisa comprar um caminhão ou, ainda, precisa ampliar ou renovar a sua frota?

Não importa. O fato é que diante das tantas possibilidades que o mercado oferece, na hora de escolher um caminhão você precisa prestar muita atenção em vários detalhes, que são importantes para que você faça a compra correta.

Leia nesse post algumas dicas que serão muito úteis para a sua escolha.

Orçamento e condições de pagamento

Antes de tudo, você precisa definir o quanto tem para gastar, seja para o pagamento à vista ou para dar de sinal no caminhão. A partir do orçamento, você também terá um ponto de partida para definir se comprará um caminhão novo ou um usado, escolha que você deverá fazer seguindo as orientações que vamos abordar no próximo tópico.

Se você não tiver economias suficientes para fazer a compra à vista, deverá prestar muita atenção nas condições de pagamento, que deverão ser comparadas com a rentabilidade que o caminhão poderá lhe oferecer.

Novo ou usado

Qualquer veículo novo, é claro, oferece aquela vantagem da máquina estar completamente de acordo com os critérios estabelecidos pelo fabricante. Por outro lado, o custo é significativamente mais alto.

Já um seminovo, além de ser mais barato, também oferece a vantagem de ter uma desvalorização menor ao longo do tempo, considerando que aquela perda de valor que todo veículo sofre quando sai da concessionária já ocorreu. Porém, se você optar por um usado terá que prestar muita atenção no estado de conservação e na mecânica. Nessa hora é bom contar com a orientação de um mecânico de confiança ou adquirir de uma empresa idônea. Aliás, idoneidade é tudo na hora de comprar um usado, levando em conta que a procedência também deve ser vista com muito cuidado.

Com base nessas considerações e também no critério anterior do orçamento, defina então se vale a pena comprar um novo ou se um usado seminovo resolve bem a sua necessidade, com um investimento menor.

Tipo de caminhão e de carga

Junto com os dois critérios acima você deve ter bem claro na mente o tipo de caminhão atende a sua necessidade: urbano, semi-pesado, pesado ou carreta. Também considere a carga que deseja transportar – líquida, seca, perecível, gado etc.. Tudo isso será fundamental na hora de definir o tipo de carroceria do caminhão e também o preço final do bruto.

Custos com manutenção

Compare os custos de manutenção entre os diversos fabricantes e os diversos modelos. Considerando que, além de pagar o caminhão, você ainda terá que arcar com as despesas de curto, médio e longo prazo para manter o veículo em ordem, esta informação é essencial.

Consumo de combustível

De tanque vazio ninguém roda. Ao mesmo tempo, quanto menos o caminhão beber, mais rentável ele será. Sendo assim, confira o consumo do veículo com bastante critério, fazendo comparações com ele vazio e carregado, considerando que qualquer economia poderá ser muito importante na escolha.

Potência e tecnologia

Avalie a potência do motor e toda a tecnologia embarcada, levando em consideração não só o conforto que ela pode proporcionar, como também a segurança que ela agrega ao caminhão. Tudo isso certamente tornará o seu dia a dia nas estradas ou nas ruas das cidades muito mais agradável, seguro e produtivo.

Com no que foi dito aqui, agora é só colocar tudo no papel e se preparar para a melhor escolha.

Gostou desse post? Então aproveite para curtir a página da Deva no Facebook e se mantenha atualizado sobre tudo  o que se passa no universo caminhoneiro.

 

Deixe um comentário