Contratar motoristas para frota requer uma série de exigências, afinal, o condutor será responsável tanto pelo caminhão quanto pela carga transportada durante algumas centenas ou milhares de quilômetros. Analisar o perfil psicológico do candidato e o conhecimento técnico e prático estão entre as atividades do recrutamento. Confira, a seguir, algumas dicas para você não errar nessa missão:

A qualificação profissional

Uma das grandes dificuldades para contratar motoristas para frota é encontrar profissionais capacitados. Deve-se buscar interessados que possuam a carteira de habilitação correspondente para caminhão, além de alguns diferenciais. Isso porque os veículos hoje em dia estão cada vez mais avançados, como as 2 caixas de câmbio e uso de GPS e rastreador via satélite. Faça testes práticos, afinal, profissionais com anos de experiência podem não se sair bem nos caminhões modernos.

Na hora de contratar motoristas, leve em conta o conhecimento que o candidato à vaga possui sobre legislação de trânsito, direção defensiva, mecânica básica, forma de condução econômica etc. Avalie o histórico trabalhista do profissional para saber a média de tempo de permanência em cada empresa.

Peça também um atestado de antecedentes criminais, bem como um atestado do número de pontos na carteira. Tenha em mente que você precisará de alguém de confiança para conduzir um patrimônio com alto valor agregado.

A experiência

Para os profissionais que já têm familiaridade com os novos caminhões, o critério experiência pode ser decisivo na hora de contratar motoristas. Isso porque a empresa já receberá um colaborador praticamente formado e, com isso, não precisará investir muito até que ele alcance o desempenho esperado. Ainda assim, avalie as empresas pelas quais o motorista passou e saiba porque ele saiu de cada uma delas.

O perfil do motorista

No contexto atual, ser um motorista de frota requer uma série de habilidades e comportamentos bem diferentes do que há alguns anos. No momento de contratar motoristas, as empresas levam em conta o asseio pessoal do candidato, a educação que ele possui na forma de tratamento, o perfil psicológico etc.

Isso porque, uma vez contratado, esse profissional representará a marca em questão. Por isso, as empresas fazem perguntas e testes sobre uso de drogas, de álcool, comportamento agressivo ao volante, disponibilidade para aprender, entre outras condutas, antes de contratar motoristas.

Interesse pela vaga e pela permanência na empresa

Para evitar a rotatividade e gastos desnecessários para contratar e depois mandar embora, explique com detalhes as funções da vaga. Uma das perguntas frequentes de candidatos diz respeito à quantidade de dias que ficarão longe de casa.

Conte isso, além das principais rotas, tipos de carga e atribuições do cargo para evitar frustrações de ambas as partes. Se for o caso, promova um curso básico para trabalho dentro da sua empresa, pois assim é possível formar o profissional da maneira que a organização precisa.

Como você pôde perceber, contratar motoristas qualificados é uma tarefa que exige um processo de seleção rigoroso. Mesmo assim, saiba que isso é necessário para manter a qualidade dos serviços da sua empresa, bem como conservar o seu investimento em um caminhão.

Além das dicas que passamos aqui, o que você considera ser importante na hora de contratar motoristas para frota? Deixe sua opinião aqui nos comentários do blog.

 

Deixe um comentário