caminhoneiro-voce-sabe-como-proceder-em-caso-de-roubo-de-carga.jpeg

O roubo de carga nas estradas é um imprevisto que pode acontecer com qualquer pessoa e, infelizmente, é muito comum no Brasil. Além dos prejuízos com que as empresas devem arcar nesse tipo de incidente, os motoristas também acabam tendo que passar por uma série de procedimentos burocráticos.

Logo após a carga ser roubada, o caminhoneiro deve tomar algumas providências para garantir sua segurança e iniciar os procedimentos cabíveis para que seja possível reparar os danos econômicos do veículo e da carga. Isso pode acontecer tanto pela sua recuperação quanto por indenização do seguro.

Por isso, neste artigo iremos citar algumas medidas que devem ser tomadas logo após passar por uma situação desse tipo. Continue a leitura e acompanhe!

Comunique a empresa e a seguradora responsável

A primeira atitude a ser tomada logo após o roubo da carga é comunicar a empresa sobre o ocorrido. Mantenha a calma e telefone para o responsável pela gestão das frotas. Explique como tudo aconteceu, o horário e os detalhes. Depois, cumpra as orientações dadas por ele. O seguro pode ser acionado pelo próprio motorista ou pela empresa.

Ligue para a polícia

Depois de comunicar a empresa, ligue para o 190, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom). Nesse momento, é importante manter a calma e oferecer o máximo de informações que puder a respeito do roubo. Os policiais então começarão um processo de cadastro da ocorrência, aviso a outras unidades e transmissão de alertas para que todos possam trabalhar na busca da carga roubada e localizar o veículo e os criminosos.

Comunique o sindicato sobre o roubo

O Sindicato Nacional das Empresas de Transporte e Movimentação de Cargas Pesadas e Excepcionais (Sindipesa) também deve ser comunicado sobre o roubo. Esse órgão também será responsável por transmitir a situação para outras autoridades, como Polícia Federal e Rodoviária e outras delegacias que tratam do assunto de roubo de cargas.

Faça um boletim de ocorrência

Depois de comunicar todos os órgãos relacionados ao roubo de carga, será necessário se dirigir até a delegacia mais próxima para que seja realizado o boletim de ocorrência. O documento é necessário para comprovar oficialmente a ocorrência do ato criminoso e para que outros procedimentos burocráticos sejam realizados, como o processo de recebimento da indenização, o acionamento do seguro e outros trâmites burocráticos.

Tomando as medidas iniciais para sua segurança e a da empresa, é possível realizar os primeiros passos para uma investigação sobre o fato ocorrido, a fim de identificar as falhas de segurança que permitiram que o roubo acontecesse e, a partir de então, estudar novos processos de gerenciamento das frotas para que os riscos de roubos sejam reduzidos.

Dessa forma, além de evitar o crime, também é evitado o trauma pelo qual o motorista passa ao ver sua vida em perigo, o atraso da entrega do cliente e também o prejuízo econômico da empresa.

Mesmo sendo considerado um acontecimento frequente, jamais é possível acostumar-se com um assalto ou roubo. Por isso, é sempre importante manter a calma e realizar as ações descritas acima. Leia com atenção os procedimentos de segurança de sua empresa, confie nos responsáveis e colabore com eles para que tudo possa ser resolvido da melhor maneira possível.

Você já passou por uma situação parecida? Quais foram as providências que tomou? Conte sua experiência para nós, escrevendo seu comentário!

Deixe um comentário