Aprenda a reduzir gastos com multas na sua frota

Multas na frota, sem dúvida, se tornam motivo de dor de cabeça para o gestor. Afinal, ele precisa fazer as contas fecharem no azul no final do mês. Porém, com planejamento e educação para o trânsito, é possível reduzir gastos com infrações e, assim, não comprometer o caixa da empresa. Veja, na sequência, algumas orientações para diminuir ou até zerar as multas na frota:

Ter a documentação em dia

O gestor deve, em primeiro lugar, tomar medidas preventivas para evitar infrações que podem ser facilmente evitadas e que estão ligadas a processos administrativos da própria empresa. Nesse sentido, manter os documentos de todos os veículos da frota em dia é essencial para reduzir gastos desnecessários.

Para tanto, é importante fazer um controle de todos os caminhões quanto a licenciamento, IPVA, Seguro DVAT, além de eventuais licenças especiais, no caso de cargas que exigem esse tipo de autorização.

Manutenção previne multas na frota

Outro fator que contribui para reduzir gastos com infrações é a manutenção preventiva dos veículos. Quem nunca viu um caminhão parado na estrada?

Logo, cuidar para que os veículos estejam em pleno funcionamento é fundamental para prevenir multas relacionadas ao próprio estado do caminhão, como pneu careca ou falta de algum elemento de sinalização.

Por vezes, itens básicos, como palhetas do para-brisa ou lâmpadas de seta, que possuem custos baixos, podem resultar em infrações.

Treinamento para os motoristas

Depois de tratarmos de medidas preventivas que têm uma ação mais efetiva por parte da gestão da empresa, cabe destacar o papel dos motoristas para evitar multas na frota. O fator humano, sem dúvida, pode ser decisivo para reduzir gastos com infrações.

Por exemplo: é comum transportadoras terem que pagar multas por excesso de velocidade dos condutores. Isso sem contar infrações por estacionamento em local proibido e outros tipos de penalidades.

Logo, é importante que o gestor faça um treinamento com todos os motoristas para conscientizá-los da importância de evitar multas na frota, além de dar um curso intensivo de legislação de trânsito.

Monitoramento da frota também serve para reduzir gastos

Hoje em dia, a tecnologia pode ser uma excelente aliada do gestor na otimização de recursos e na prevenção de multas na frota. Com os mecanismos de controle, como a telemetria e o rastreamento via satélite, o gestor pode analisar o desempenho de cada motorista e de cada caminhão.

Com isso, o responsável pelo gerenciamento pode identificar os pontos fortes e os fracos dos condutores e dos veículos para tomar ações corretivas pontuais e, assim, reduzir gastos. Afinal, o estilo de direção de determinado motorista pode favorecer que haja multas com frequência.

Cuidados com as mercadorias levadas

Também é importante o gestor monitorar as cargas para não exceder o peso do caminhão e, com isso, estar passível de multas na frota. Além disso, é preciso ter notas fiscais das mercadorias e eventuais permissões para transporte de cargas especiais, como produtos inflamáveis.

Como você já deve notar no seu dia a dia, as multas na frota são um problema para as empresas de transporte. Se uma infração para um caminhão já pesa no bolso, imagine para vários? Portanto, um programa efetivo de prevenção de infrações pode ser uma saída para se reduzir gastos.

E na sua empresa, o que você faz para evitar multas na frota? Deixe seu comentário aqui no blog. Participe!

Deixe um comentário