3 cuidados essenciais ao comprar um caminhão seminovo

A renovação constante da frota de caminhões no Brasil aumenta também a oferta de veículos seminovos no mercado — e sabemos que eles podem ser uma boa opção de compra. Mas é preciso tomar alguns cuidados para evitar surpresas e gastos posteriores. Neste post, vamos mostrar alguns cuidados que devem ser tomados durante a compra de um caminhão seminovo. Acompanhe:

As considerações antes da compra

A maioria das pessoas que decidem comprar um caminhão esperam que ele sirva como uma ferramenta de trabalho. Portanto, é importante saber como será o uso do veículo e o que você tipo de retorno você deseja ter com esse investimento. Lembre-se de que optar por um caminhão pequeno demais pode tornar o seu trabalho inviável, enquanto superdimensioná-lo significa custos maiores e, talvez, desnecessários.

A pesquisa prévia

Após definir o tipo e o porte do caminhão, é hora de pesquisar os modelos disponíveis. Procure ler avaliações de sites especializados para saber os pontos fortes e fracos e as particularidades de cada opção. Escolha marcas confiáveis e tradicionais, que disponham de ampla rede de atendimento, para que você não tenha problemas quando for realizar manutenções.

Comprar veículos de particulares pode sair mais barato, mas implica também em um risco. Afinal, ao escolher uma loja confiável, é possível comprar o seu caminhão já revisado e com garantia. Sendo assim, fique de olho nos veículos com registros das manutenções realizadas, pois isso indica que o proprietário anterior era cuidadoso com o equipamento.

A inspeção do caminhão

Após seguir os passos anteriores, chegou a vez de olhar pessoalmente aqueles caminhões que passaram pelos seus filtros. Aqui, a dica é não fazer a inspeção com pressa, pois a afobação pode deixar passar algum detalhe — e isso pode custar bem caro.

Siga os seguintes passos:

  • Examine o caminhão apenas durante o dia, pois um ambiente mal iluminado enconde defeitos e dificulta a boa inspeção.

  • Verifique o alinhamento entre os painéis da lataria e as portas ou outras aberturas, pois ele pode sugerir se o veículo já esteve envolvido em algum acidente. Ao utilizar um ímã, é possível saber se o caminhão foi reparado com massa plástica.

  • Olhe embaixo dos chassis e nos lados internos de cada pneu procurando sinais de vazamento (graxa e líquido de freio, por exemplo) e desgaste irregulares.

  • Veja se o líquido de arrefecimento está translúcido. Sinais de sujeira ou ferrugem podem indicar uma tendência para superaquecer.

  • Examine o filtro de ar e veja se há sujeira em excesso. Olhe também o próprio motor, pois grandes quantidades de gordura ou óleo indicam que ele não foi muito bem tratado.

  • Se o caminhão tiver câmbio automático, verifique a vareta de óleo. Caso ele esteja com cheiro de queimado, isso pode significar problemas iminentes.

  • Ouça o som do motor ligado e certifique-se de que não há ruídos parecidos com batidas ou pancadas, que podem indicar mau funcionamento nos eixos, bielas e pistões. Tome cuidado, pois se tratam de reparos muito caros. Além disso, a marcha lenta do motor não deve oscilar.

  • Ainda com o caminhão ligado, teste o freio de estacionamento. Aproveite esse momento para descer do caminhão e verificar se está saindo fumaça em excesso do escape e também se há pressão. A falta de pressão pode indicar vazamentos de ar ao longo do escapamento.

  • Verifique o funcionamento dos controles internos (botões, controladores dos vidros, luzes etc.).

  • Se possível, faça um test drive para ver como o caminhão se comporta em uso. Ouça se há barulhos na suspensão e se as marchas engatam com facilidade. Procure um lugar seguro para fazer um teste dos freios, pressionando-os firmemente.

  • Procure comparar a quilometragem mostrada no hodômetro com sinais de desgastes no interior do caminhão. Volantes, pedais e outros controles desgastados em um caminhão pouco rodado podem ser indicativos de adulteração do aparelho.

Essas verificações simples não tomam muito tempo e conseguem dar um diagnóstico abrangente sobre a situação do caminhão. Em caso de dúvidas, é recomendável investir em um check-up especializado. Tenha sempre em mente que a compra de um caminhão trata-se de investimento, portanto evite tomar decisões baseado na empolgação.

Gostou das nossas dicas para comprar um caminhão seminovo? Então curta a nossa página no Facebooke acompanhe as nossas atualizações!

Deixe um comentário